Atividades




Efemérides anteriores



2018:

Outubro:
19-26. Na Casa de Brusque, em Santa Catarina – no Museu Histórico e Geográfico do Vale do Itajaí Mirim haverá exposição dedicada ao Sebastião Edmundo Woś Saporski, o "Pai da Imigração Polonesa no Brasil".
É tempo de comemoração dos 150 anos da imigração polonesa no Brasil, com homenagem àquele que dedicou sua vida a encontrar as melhores condições para seus conterrâneos que aqui aportaram: Sebastião Edmundo Woś Saporski, o “Pai da Imigração Polonesa no Brasil”. 
A Casa da Cultura Polônia Brasil, em parceria com o Consulado da República da Polônia em Curitiba, apresenta a exposição que conta, em vinte painéis, um pouco da história deste bravo espírito pioneiro que acreditava no Brasil como solo fértil onde os poloneses se fortaleceriam e seriam capazes de contribuir na construção de um país melhor. 
Além de prestar merecida homenagem, a exposição, que tem caráter itinerante, pretende mostrar a relevância do trabalho de Saporski. 
A primeira cidade a receber a exposição é Brusque, através da Casa de Brusque,  Fundação José Walendowsky e Fundação Cultural de Brusque.
 
 
04. Comitiva composta por embaixadores, adidos estrangeiros e integrantes do Ministério das Relações Exteriores, visitaram as instalações da Empresa Brasileira de Aeronáutica S/A (Embraer), em Gavião Peixoto (SP). O objetivo da visita, foi de  conhecer as linhas de montagem das aeronaves A-29 e KC-390.
A Encarregada de Negócios da Embaixada da República da Polônia, Marta Olkowska, disse que a visita ampliou a visão a respeito do Brasil. “Foi muito gratificante e interessante ver o KC-390 e vamos, com nosso Adido de Defesa, informar devidamente ao nosso Ministério e, num futuro próximo, organizar uma visita das autoridades polonesas para poderem ver de perto essa aeronave”, informou. Ao total, participaram da visita 86 representantes de 45 países de várias regiões do mundo. FONTE - FAB / CeComSAer
 
 
 
Setembro:

22. 22 eminentes literatos, estudiosos e pesquisadores ligados com a obra de Zbigniew Herbert receberam das mãos do Vice-Presidente do Conselho de Ministros, Ministro da Cultura e da Herança Nacional, Prof. Piotr Gliński, a mais elevada distinção atribuída na Polônia na área da cultura − as medalhas “Benemérito da Cultura Gloria Artis”. A solenidade se realizou no Castelo Real, durante a inauguração do I Congresso Internacional da Moderna Literatura Polonesa e da XV edição das Oficinas de Herbert. Foram agraciados com a Medalha de Prata “Benemérito da Cultura Gloria Artis”: o Prof. Piotr Kilanowski, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba, e o Prof. Marcello Paiva de Souza, da mesma Universidade.  Fonte: www.mkidn.gov.pl(25.10.2018).

 

20. Na Universidade Federal em Curitiba (UFPR) a profa. Magdalena Luszcz apresentou a palestra dedicada ao escritor polonês Stefan Żeromski. Logo após os participantes fizeram a leitura de alguns fragmentos da obra "Przedwiośnie" do S. Żeromski.
 
 
19. Na sede da Sociedade Tadeusz Kościuszko em Curitiba o Sr. Marek Makowski - cônsul geral da Polônia proferiu a palestra sobre a atualidade política e econômica vivida pela comunidade polono-brasileira e o Centenário da Recuperação da Independência da Polônia. As Sras. Priscila Camargo Jacewicz e Mari Ines Piekas falavam sobre o Sebastião Edmundo Wos-Saporski e os 150 anos da imigração polonesa no Brasil. 
 
 
16. No Anfiteatro da Paróquia Santo Antônio de Orleans em Curitiba realiza-se II Festival de Corais Polônicos do Brasil. 
 
 
 
Agosto:
28. Faleceu em Roma o arcebispo Szczepan WESOLY responsavel pela pastoral entre os poloneses emigrados! Muitas vezes visitava as comunidades polônicas no Brasil! Era um dos melhores conhecedores da nossa realidade polônica brasiliera! RIP!
 
 
15. Estamos entregando aos Amigos e Pessoas que tivessem interesse novo número do periodico "Polonicus". Publicado em português, mas também tem algo em polonês. Publicamos textos sobre a coletividade polônica brasileira, algo importante da Polônia atual e muito, muito mais... Clique aqui e faça uma boa leitura!
 
Em 2018 a Polônia comemora solenemente o centenário da recuperação da sua Independência. Por isso dedicamos este número da revista à Polônia, Pátria de muitos de nós ou dos nossos antepassados, da qual, nos tempos difíceis do domínio estrangeiro, bem como em período posterior, emigraram milhares de poloneses que pelo seu trabalho e pela sua dedicação contribuíram em diversas áreas para o desenvolvimento do Brasil, por eles escolhido como sua segunda Pátria! Ao mesmo tempo, a coletividade dos mais de dois milhões de descendentes daqueles imigrantes poloneses, que são hoje leais cidadãos brasileiros, envolve-se nas comemorações da recuperação da independência do país em que orgulhosamente enxergam as suas raízes!
Este número da revista que apresentamos aos prezados leitores é muito diversificado pela temática que os autores dos textos tiveram a bondade de nos apresentar. Tenho a esperança de que a sua leitura será fascinante e ao mesmo tempo aberta à Polônia e à nossa coletividade polônica no Brasil!

 

 

14. Informamos, que já está a disposição de Vocês novo número do informativo da Capelania dos Poloneses em Porto Alegrte "Voz de Monte Claro", número 10! Versão eletrónica já está no portal da Missão Católica Polonesa no Brasil: www.polska-misja.com.br/ar…/pdf-pt-2018-08-13%2022-58-05.pdf  Versão em papel teremos no domingo na Igreja Polonesa! 

 
 
 
 
 
Julho:
1-12. Em Curitiba, no teatru Gaíra, realiza-se 57 Festival de Folclore das Etnias do Estado Paraná. Neste Festival participam dois bons grupos polônicos de Curitiba. Dia 9 aprtesentou a sua beleza o grupo "Junak". Dia 12 foi a vez do grupo "Wisla". 
 
 
Junho:
08. Durante a sessão solene na cidade de Skwina, situada bem perto de Cracóvia, o Prof. Henryk Siewierski recebeu o título do cidadão honorário daquela cidade. Parabéns ao Estimado Professor por esta honraria, pois através do seu trabalho académico e publicitário o Senhor na Captal da República Federativa do Brasila torna sua cidade mais conhecida!
 
 
05. No Palácio do Presidente da República da Polônia, em Varsóvia, o Dom Ceslau STANULA, CSsR - bispo emérito da diocese Itabuna (Bahia) recebeu uma lata condecoração concedida pelo presidente Sr. Andrzej Duda. Dom Ceslau trabalha no Brasil há 46 anos.
 
 
 
Maj:
08. Na Embaixada da Polônia em Brasília, com a presença do Sr. Marek Magierowski - subsecretário do estado no Ministério das Relações Exteriores, realizou-se uma solenidade em comemoração da Festa Nacional de 3 de Maio.
 
 
07. Em São Paulo o Sr. Marek Magierowski - subsecretário do estado no Ministério das Relações Exteriores da República da Polônia abriu oficialmente o Consulado Honorário da Polônia. 
 
 
05. Em comemoração ao Dia Nacional da Polônia, da Constituição 3 de Maio, a Sociedade Polônia em Porto Alegre realizou um ato cívico. Houve abertura oficial da exposição dedicada ao Marechal Józef Piłsudski.
 
 
 
Abril:
20. Mui repeitado na comunidade polônica brasileira o sacerdote pe. Jóżef WOJNAR SChr celebra neste dia o Jubileu de 60 anos da ordenação sacerdotal. Reitor da Missão Católica Polonesa no Brasil enviou ao Distinto Sacerdote uma carta com agradecimentos por tantos anos de serviço à Igreja e a comunidade polônica no Brasil. Você poderá ler esta carta clicando aqui!
 
 
03. Delegação da comunidade polônica de Porto Alegre fez a visita ao deputado estadual Mauricia Dziedrickiego. O politico recebeu os visitantes no seu gabinete na Assembléia Legislativa do RS.
 
 
 
 
Março:
13. No Consulado Geral da Polônia em Curitiba realizou-se a reunião do Conslho Polônico. Participaram os representantes da coletividade polônica dos estados sulinos do Brasi: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo.
 
 
08.

O MUSA (Museu de Arte da UFPR) inaugurou no dia 08 de março, a exposição “Onda” de Pawel Kwiatkowski, cujo título é uma metáfora da multidão, base temática do processo de criação do artista polonês. “O fluxo dos transeuntes, aliado à tentativa de desenvolver um modelo iconográfico de homem moderno inserido no contexto existencial da realidade de hoje, tornaram-se uma fonte de inspiração constante e estão no cerne do conceito da série”, explica Kwiatkowski.

A mostra, organizada pela Profª Dra. Dulce Osinski, do Departamento de Artes da UFPR, tem cerca de vinte trabalhos no formato de 80 x 120 cm, impressos em papel, com técnicas gráficas combinadas como a cologravura, impressão em relevo, impressão em entalhe, serigrafia, monotipia, que foram produzidos em 2017.

O ponto de partida das obras, “é o uso de fotografias feitas a partir de um curto tempo de exposição, as quais, no processo de reimpressão, dão às imagens um caráter de liberdade. O desenvolvimento e o enriquecimento dos trabalhos têm por base o uso de técnicas colográficas, as quais proporcionam enormes possibilidades criativas. O método utilizado dialoga intensamente com a espontaneidade e com a imprevisibilidade, características de minha poética”, conclui o artista.

 
Fevereiro:
07. Por causa das criticas, que surgiram em varios paises, por razão da lei aprovada pelo Parlamento  e assinada pelo Presidente da República da Polônia, o Presidente do Senado Sr. Stanislaw Karczewski dirigiu uma carta à comunidade polonesa no exterior, pedidno para apresentar aos amigos extragneiros a verdade sobre os campos de concentração que os alemães construiram durante II Guerra Mundial onde há tantos homens, mulheres, crianças sofreram. Não eram os judeus únicos que sofreram a brutalidade dos alemães, mas foram também os poloneses e pessoas de outras nacionalidades. Estes campos não eram poloneses, como escrevem alguns jornalistas, escritores! Eram os campos de exterminio dos alemães! Leia, por favor, a mencionada carta clicando aqui, que publicamos em inglês! Aqui temos a uma tradução em português!  Clique aqui, por favor: leia e divulgue!!!
 
 
05. Nos últimos dias a imprensa internacional trouxe muita confusão a respeito da nova lei aprovada pelo Parlamento da Polônia sobre a responsabilidade pelo Holocausto. Infelizmente alguns políticos, jornalistas usam esta expressão "campos de concentração poloeses". Na realidade eram os camos de exterminio dos alemães, que invadiram a Polônia aos 1 de setembro de 1939. A Alemanha é responsável pelo sofrimento e morte de milhares de seres humanos. Sejam judeu, poloneses, ciganos, checos, franceses, russos. Leia, por favor um texto que recebemos da Profa. Dra. Renata Siuda Ambroziak da Universidade de Varsóvia. Clique aqui e faça uma boa e proveitosa leitura! 
 
 
 
Janeiro:
03. Faleceu em Curitiba o Paulo FILIPAK, 89 anos, advogado e um dos ativos líderes polônicos. O sepultamento do corpo foi realizado no cemitério paróquial em Orleans.
Descance em paz! 
 
 
02. Neste dia, em 1958, chegava ao Brasil o primeiro sacerdote polonês da congregação religiosa Sociedade de Cristo para realizar uma missão pastoral entre os imigrantes poloneses e seus descendentes. Era o pe. Czeslaw CZARTORYSKI. No mesmo ano chegaram mais três padres desta congregação: pe. Stanislaw NOWAK, pe. Zygmunt SUPIETA e pe. Jozef WOJDA. Passaram-se 60 anos de serviço à comunidade polônica...

Endereço

Porto Alegre-RS
Av. Presidente Franklin D. Roosevelt, 920 | CEP 90230-002

Contato

Tel.: (51) 99407-4242
(51) 3024 - 6504


email: revista@polonicus.com.br